BLOG

11/07/2022 - Serviços

Quer trabalhar no Japão? Saiba por onde começar.

Antigamente, o sonho de trabalhar em um país tão desenvolvido e tecnológico como o Japão era distante se você não fosse descendente de japoneses. Hoje em dia, quem fala um pouco de japonês e tem a documentação correta vê suas chances de conseguir uma vaga do outro lado do mundo aumentarem muito.

Nós, da Authent, temos a “Japan Desk”, área especializada no atendimento às multinacionais japonesas que procuram candidatos brasileiros para diversos cargos e salários para os setores automobilístico, autopeças, eletroeletrônica e alimentício. Por isso, vamos mostrar o passo a passo para você conquistar sua tão desejada vaga no Japão. Confira!

 

O Japão exige visto de trabalho para profissionais brasileiros

 

Quem é brasileiro precisa de visto para trabalhar no Japão. São 4 situações que permitem conseguir esta documentação:

✅ Highly Skilled Professional (HSP) ou profissional altamente qualificado – é o visto dado para pesquisadores, cientistas, executivos, médicos, engenheiros e artistas. Depois de aprovado, você pode levar apenas um acompanhante (cônjuge ou filho) durante sua estadia no Japão.

✅ Skilled Worker (SW) ou trabalhador especializado – é a autorização para quem possui de três a dez anos de experiência na sua área profissional.

Estudante de graduação, pós-graduação e cursos de língua – neste caso, o aluno precisa da permissão da universidade para trabalhar até 28 horas semanais durante as aulas e no horário integral durante as férias.

Descendente de japonês até a quarta geração (yonsei) ou cônjuge de japonês – depois de obter o visto, ele poderá atuar em qualquer área profissional.

 

Passo a passo para quem quer um emprego no Japão

 

PASSO 1 👉 Certificado de proficiência em japonês (JLPT) – são cinco níveis de conhecimento do idioma: do básico (N5) ao avançado (N1). O nível de japonês exigido depende da vaga, mas é aconselhável ter o intermediário (N3).

Caso você não fale nenhuma palavra em japonês, uma boa dica é, primeiro, fazer uma viagem ao Japão e realizar uma imersão em uma escola de idiomas. Isso vai facilitar sua busca posterior por empregos e dar a oportunidade para você vivenciar os costumes japoneses, algo que é muito valorizado pelas empresas do país.

PASSO 2 👉 Proposta de trabalho formalizada por uma empresa que tenha sede no país.

PASSO 3 👉 Certificado de Elegibilidade emitido no Japão – Quem solicita o certificado é a própria companhia que quer contratar o candidato. Caso você tenha familiares residentes no Japão, sem pendências com o governo japonês, eles podem também dar entrada. Estudantes devem solicitar o certificado para a instituição de ensino.

Dependendo da região, o documento demora três meses para sair. Assim que emitido, ele precisa ser enviado do Japão ao Brasil, por correio, para que você dê entrada no visto de trabalho aqui, pelo consulado japonês. É importante frisar que, já no desembarque, o profissional deverá apresentar este documento que garante que está apto a morar no Japão.

PASSO 4 👉 Outras documentações – É muito raro conseguir o Certificado de Elegibilidade e ter o visto negado. Porém, o consulado pode pedir uma complementação da documentação (como os antecedentes criminais, por exemplo) para a posterior emissão do visto.

 

Salários e jornada de trabalho no Japão

 

O salário-mínimo no Japão depende da província. A média nacional é de ¥901 por hora e nas províncias pequenas pode chegar a ¥790, no entanto, o custo de vida também é menor. A carga horária é limitada pela lei japonesa a 40 horas semanais, podendo chegar a 44 horas e se estender até sábado. As horas extras são remuneradas com 25% de acréscimo.

 

Conte com a Authent para conseguir sua vaga no Japão

 

A Authent pode ajudar você a realizar o sonho de trabalhar no Japão. Mais do que uma experiência profissional diferenciada que aprimora sua carreira, trabalhar no Japão é conhecer uma nova cultura, melhorar o idioma japonês e ganhar amadurecimento e autoconfiança.

Post relacionados

25/07/2022 - Serviços

Criada em 2003, o LinkedIn é a mais famosa e maior rede social profissional e nasceu com o objetivo de gerar conexões e relacionamentos entre as pessoas que estão no mercado de trabalho. A ideia que move a plataforma é conectar profissionais e empresas que tenham interesses em comum.

18/07/2022 - Serviços

Conciliar períodos de trabalho com momentos de descanso, ou ainda vida profissional com pessoal, é um desafio para os trabalhadores modernos. Afinal, o avanço da tecnologia deixou muito tênue a linha entre uma coisa e outra, propiciando o aumento de doenças, como a Síndrome de Burnout.

04/07/2022 - Serviços

O Japão ficou conhecido mundialmente pela organização racional do trabalho, que leva em conta aspectos de produção e da cultura organizacional, e tornou-se um destino muito procurado por trabalhadores do mundo inteiro.

Rua Machado Bittencourt, 205, sala 26
Vila Clementino - São Paulo / SP - CEP: 04044-904

+55 11 5906-7500