BLOG

04/07/2022 - Serviços

Entenda melhor a cultura corporativa japonesa

O Japão ficou conhecido mundialmente pela organização racional do trabalho, que leva em conta aspectos de produção e da cultura organizacional, e tornou-se um destino muito procurado por trabalhadores do mundo inteiro.

Pesquisas apontam como o modelo de administração japonesa explica o crescimento econômico do país, sendo relevantes: o planejamento estratégico, o controle financeiro e de pessoal e a produção eficiente. Estratégias competitivas orientadas para a produção (como o controle total da qualidade), a resolução de conflitos por meio de programas de consultas e o treinamento no próprio ambiente de trabalho complementam as razões para o sucesso do Japão.

 

Na cultura corporativa japonesa, o sucesso é coletivo e não individual

 

A importância da hierarquia no ambiente de trabalho

 

Um dos pontos mais importantes da cultura organizacional das empresas japonesas é a hierarquia que desempenha um papel vital que nós, ocidentais, temos dificuldade de compreender. Para os trabalhadores japoneses, agir de acordo com o consenso cooperativo e aceitar que o processo de tomada de decisão vem de cima é algo comum.

E para que a hierarquia funcione, antes de tudo, é necessário determinar regras e procedimentos que deverão ser usados pelos colaboradores durante suas atividades, deixando todos cientes em relação aos padrões de conduta e suas responsabilidades. Respeitar a hierarquia é tarefa primordial para estrangeiros que desejam ser inseridos no mercado de trabalho do Japão.

Mais do que uma questão de autoridade e poder, a hierarquia é vista pelos japoneses como uma forma de envolver ativamente todos os colaboradores, dando um sentido de pertencimento e fazendo com que cada um tenha seu papel perante o grupo. Só assim, é possível conscientizar os trabalhadores sobre como suas posições interferem nas outras, gerando um senso de responsabilidade que consegue fortalecer a organização como um todo.

Além disso, a hierarquia tem a capacidade de reduzir incertezas do dia a dia corporativo, funcionando como um mecanismo de controle e incentivo para que todos os profissionais ajudem a empresa a manter um ambiente corporativo sólido e eficiente.

 

A busca pela qualidade total

 

Como a produtividade da empresa é mais enfatizada, , ao invés da eficiência e do sucesso individual, é comum que colaboradores compartilhem conhecimentos e experiências para que o trabalho do grupo alcance um melhor resultado. Como já falamos, na sociedade japonesa, o sentido de pertencer a uma comunidade é mais importante do que o senso de individualidade, por isso, gerentes, engenheiros, trabalhadores do escritório e da fábrica, todos estão envolvidos em programas de qualidade total.

Eles começam pela eliminação dos itens defeituosos, depois seguem com melhorias nos processos, prevenção dos problemas já conhecidos, para, então, alcançar a elaboração de produtos cada vez melhores. Neste sentido, é frequente vermos que mesmo estressados pelas jornadas de trabalho, os trabalhadores japoneses continuam focados, fazendo seu máximo para completar a atividade programada.

Com hierarquia clara, planejamento a longo prazo e o famoso espírito cooperativo, que estreita a distância entre trabalhadores e suas empresas, a cultura corporativa japonesa consegue aumentar a produtividade das empresas, alavancando o crescimento econômico do país.

 

Post relacionados

25/07/2022 - Serviços

Criada em 2003, o LinkedIn é a mais famosa e maior rede social profissional e nasceu com o objetivo de gerar conexões e relacionamentos entre as pessoas que estão no mercado de trabalho. A ideia que move a plataforma é conectar profissionais e empresas que tenham interesses em comum.

18/07/2022 - Serviços

Conciliar períodos de trabalho com momentos de descanso, ou ainda vida profissional com pessoal, é um desafio para os trabalhadores modernos. Afinal, o avanço da tecnologia deixou muito tênue a linha entre uma coisa e outra, propiciando o aumento de doenças, como a Síndrome de Burnout.

11/07/2022 - Serviços

Antigamente, o sonho de trabalhar em um país tão desenvolvido e tecnológico como o Japão era distante se você não fosse descendente de japoneses. Hoje em dia, quem fala um pouco de japonês e tem a documentação correta vê suas chances de conseguir uma vaga do outro lado do mundo aumentarem muito.

Rua Machado Bittencourt, 205, sala 26
Vila Clementino - São Paulo / SP - CEP: 04044-904

+55 11 5906-7500