BLOG

27/06/2022 - Recrutadores

Onboarding: a importância de implementar esse processo em sua empresa

Além de uma grande responsabilidade, contratar um novo colaborador é uma tarefa complexa e delicada. Primeiro, há o risco de realizar um processo de recrutamento e seleção falho com consequências negativas para a companhia. Depois, existe a questão da integração do novato à equipe e à empresa. Quando esta etapa não é bem realizada, ela pode prejudicar o engajamento do profissional, provocando queda de produtividade, dificuldades para que o contratado atinja seu desempenho máximo e possibilitando um maior turnover.

Para isso, existe o onboarding. Este termo, que foi criado na década de 70, dá nome ao processo de socialização corporativa pelo qual funcionários recém-chegados adquirem o conhecimento e as atitudes necessárias para efetivamente se tornarem parte da equipe. Durante o onboarding, os contratados passam por um período de adaptação em que são instruídos sobre a cultura organizacional, a rotina e a dinâmica profissional que vão vivenciar no novo emprego.

Portanto, implementar esta prática é garantir uma boa adaptação do colaborador, ao estreitar o relacionamento do novato com os demais funcionários e receber instruções sobre como agir para evitar erros iniciais. Apesar de muitas empresas ainda ignorarem a importância deste processo apostando em somente uma breve apresentação do novo colaborador, ele é uma estratégia crucial de gestão de pessoas e tem etapas, como: orientação, supervisão, acompanhamento e treinamento.

Confira algumas dicas da Authent para garantir um onboarding de sucesso em sua empresa!

 

: Com o onboarding, o novo colaborador se integra com mais facilidade à equipe e à empresa

 

  1. Para não criar falsas expectativas, especifique todos os detalhes na hora da contratação: salário, benefícios, período de experiência, data de início das atividades etc. As informações podem ser enviadas por e-mail. Agende o começo do trabalho para uma segunda-feira, assim a primeira semana não tem interrupções.
  2. Organize a jornada do onboarding, dividindo o processo por etapas com um cronograma estruturado por metas e planejando com antecedência os treinamentos. Os três primeiros meses são mais críticos e o onboarding só termina com o profissional integrado, engajado e performando.
  3. Faça uma apresentação da empresa capaz de encantar o novo funcionário. Um vídeo institucional pode mostrar a organização, sua cultura e valores, narrando a história da companhia com impacto.
  4. Entregue um kit de boas-vindas com itens como caneta, pen drive, bloco de notas e crachá de identificação. Se houver um manual do colaborador, esta é uma boa hora para entregá-lo. Também é legal incluir uma carta personalizada de boas-vindas assinada pelo CEO e mimos, como bombons e flores.
  5. Faça um tour pela empresa e mostre as atividades de cada área. Chegando ao setor, mostre que o recém-contratado está sendo esperado e que tudo foi planejado para recebê-lo bem. Para tanto, mande um e-mail com antecedência para o time se preparar para a chegada do novo colaborador.
  6. Inclua os líderes no onboarding. A participação deles ajuda a divulgar a cultura organizacional e é um fator motivador para o profissional. Além disso, os gestores podem tirar dúvidas, comprovando que há respeito entre todos os níveis hierárquicos.
  7. Certifique-se de que a estação de trabalho do novo colaborador esteja pronta, com todos os equipamentos, acessos e senhas necessárias para que ele inicie suas atividades. Esta atitude mostra que a companhia leva a sério o processo de integração.
  8. Escolha um responsável para acompanhar o funcionário e orientá-lo durante as primeiras semanas. Ele é peça fundamental para ajudar na integração de quem foi contratado.
  9. Estabeleça metas durante o onboarding, relacionadas à integração e participação nos projetos. Deixe as metas de performance para o segundo mês.
  10. Faça um treinamento personalizado para o novo colaborador. Neste momento, é possível identificar suas facilidades e dificuldades dando o apoio necessário para que ele supere desafios.
  11. Dê feedbacks dos líderes, colegas e demais profissionais que interagiram com ele. Isso ajuda o novo talento a aprimorar seu trabalho e se adaptar melhor à equipe.

 

 

Post relacionados

25/07/2022 - Serviços

Criada em 2003, o LinkedIn é a mais famosa e maior rede social profissional e nasceu com o objetivo de gerar conexões e relacionamentos entre as pessoas que estão no mercado de trabalho. A ideia que move a plataforma é conectar profissionais e empresas que tenham interesses em comum.

18/07/2022 - Serviços

Conciliar períodos de trabalho com momentos de descanso, ou ainda vida profissional com pessoal, é um desafio para os trabalhadores modernos. Afinal, o avanço da tecnologia deixou muito tênue a linha entre uma coisa e outra, propiciando o aumento de doenças, como a Síndrome de Burnout.

11/07/2022 - Serviços

Antigamente, o sonho de trabalhar em um país tão desenvolvido e tecnológico como o Japão era distante se você não fosse descendente de japoneses. Hoje em dia, quem fala um pouco de japonês e tem a documentação correta vê suas chances de conseguir uma vaga do outro lado do mundo aumentarem muito.

Rua Machado Bittencourt, 205, sala 26
Vila Clementino - São Paulo / SP - CEP: 04044-904

+55 11 5906-7500